Está sempre exausto? Conheça 6 doenças que causam cansaço excessivo

Nem sempre o fato de estar cansado significa excesso de trabalho. Você sabe como anda a sua saúde?

Independente de qual seja o seu trabalho no dia a dia ou como você aproveita o seu final de semana, você parece estar sempre cansado? Semanas depois das férias você já não vê a hora de passar alguns dias off novamente? Bom, então responde rapidinho pra gente uma outra pergunta: há quanto tempo você não vai ao médico para conferir como anda a sua saúde? Você sabia que cansaço excessivo pode ser um forte sinal de que há algo errado com o seu organismo?

Claro, alguns maus hábitos já são o suficiente para sentirmos o baque no dia a dia. Alguns dos mais comuns:

  • beber pouca água;
  • passar muito tempo na frente do celular, TV ou computador;
  • dormir poucas horas ou em local agitado;
  • fazer muitas tarefas ao mesmo tempo e ficar estressado;
  • ter uma dieta pobre ou com muitas gorduras e açúcares;
  • não se exercitar ou se exercitar demais, sem dar descanso suficiente para o corpo;
  • consumir baixos níveis de vitaminas.

Mas, se mesmo depois de melhorar as suas práticas rotineiras o cansaço continuar te derrubando, procure um médico e peça alguns exames. Abaixo listamos as 6 doenças que têm o cansaço como um dos principais sintomas:

1. Hormônios desregulados

Muito mais comum do que imaginamos, a bagunça hormonal pode acontecer sem motivo aparente e normalmente pode ser diagnosticada por exames de sangue. Hipertireoidismo e hipotireoidismo são as duas doenças mais conhecidas e acometem principalmente as mulheres, mas os homens não estão livres delas. Além da exaustão, podem causar baixa libido, alta irritabilidade, acne, quedas de cabelo, emagrecimento ou engorde repentino.

2. Anemia

A anemia não é uma doença tão grave, a menos que você não a trate logo. Junto com o cansaço costumam acontecer sonolência e desânimo também. A maioria das pessoas sabe que, quando há a falta de ferro, são indicados alimentos como carne de fígado bovino, feijão e beterraba, mas o tratamento vai depender de acordo com o tipo de anemia. Por isso é importante que você procure um médico, uma vez que as anemias mais graves podem levar a outras doenças como a leucemia.

3. Alergias

Tanto as alergias respiratórias, como a rinite, por exemplo, quanto as alergias alimentares podem provocar cansaço. Isso porque elas acabam causando inflamações, o que acaba por deixar o organismo mais lento.

Se você sofre de espirros constantes, consulte um otorrinolaringologista para checar se não é possível tratar o problema. É bem comum que você acabe se acostumando com esse quadro, uma vez que ele não parece tão grave, mas ele consome mais energia do que você pode perceber.

O mesmo vale para as indisposições alimentares. Pessoas com intolerância a lactose, por exemplo, não necessariamente irão passar muito mal, mas podem ficar com uma constante sensação de estufamento, o que gera um desgaste desnecessário.

cansaço excessivo

4. Depressão

Pessoas com depressão não são apenas as pessoas aparentemente tristes. Aliás, o sono em excesso e a constante sensação de cansaço são alguns dos principais sintomas de um quadro depressivo. Se você sente dificuldade em realizar tarefas básicas que antes você fazia com facilidade, talvez esse seja um sinal de que algo está errado.

5. Doenças cardíacas

Quantas vezes você fez um check-up com exames cardíacos e tudo mais? Quando falamos em problemas do coração, logo pensamos que eles só podem acontecer com pessoas de mais idade. Mas é aí que nos enganamos! Um entupimento de vasos, por exemplo, pode acontecer com jovens que consomem muita gordura — e isso tem sido cada vez mais frequente.

Com pequenas alterações, o coração pode encontrar dificuldades para enviar o sangue para o corpo todo. Assim, o cansaço toma conta, bem como as tonturas.

6. Diabetes

Como a glicose não chega corretamente a toda as células, é comum que os diabéticos sofram com a falta de energia. Outros sintomas são o excesso de idas ao banheiro e sede insaciável, o que leva ao emagrecimento e, consequentemente, a diminuição dos músculos.

Bem como a anemia, a diabetes até pode passar despercebida por um tempo, mas pode se tornar uma doença grave e crônica se não for tratada.

….

E por aí, como anda a sua saúde e seus cuidados com o bem-estar? Busque hábitos saudáveis e não esqueça de fazer aqueles exames importantes de rotina de tempos em tempos, ok?

Publicado por: Coworking Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *