7 dicas infalíveis para construir um bom pitch

É preciso se preparar para não esquecer dos tópicos mais importantes ao apresentar sua empresa.

Imagem 7 dicas infalíveis para construir um bom pitch

Nos últimos anos, o mundo (ou pelo menos o mundo dos negócios) abriu os olhos e passou a olhar com mais atenção para as startups e para os empreendedores que transpiram inovação. Os jovens nerds que antes mal conseguiam divulgar suas ideias, ganharam impulso graças aos grandes nomes do Vale do Silício e hoje conseguem criar bem mais oportunidades de mostrarem seus projetos para possíveis investidores. E, para ter sucesso nessas empreitadas, é preciso construir um bom pitch para quando uma boa chance surgir.

Resumidamente, um pitch é uma espécie de apresentação-relâmpago sobre quem você é, o que você faz e qual é a sua ideia que merece o apoio de um investidor-anjo. E quando falamos que essa apresentação é rápida, acredite que, com sorte, você terá cerca de um minuto. Porém, em grande parte das rodas de pitch os participantes têm apenas 30 segundos.

Dessa forma, você precisa saber exatamente a impressão que quer causar, bem como o que é essencial dizer para que esse primeiro e veloz encontro crie a chance de uma conversa mais prolongada e profunda. Ou seja: você deve estar muito bem preparado para essa experiência, pois cada segundo que passa pode mudar o rumo do seu empreendimento.

Por isso, selecionamos 7 dicas infalíveis para ajudar você a se planejar para suas próximas rodadas de pitchs. Anota tudo aí:

1. Apresente-se de forma concisa, porém completa

Pode parecer meio básico demais mas, sim, precisamos salientar a importância da apresentação adequada. Na hora do nervosismo e da ansiedade em conseguir falar tudo em poucos segundos, muitos empreendedores acabam esquecendo coisas básicas como o próprio nome e o nome da empresa.

Então, comece citando os elementos essenciais e repita o nome da empresa em todas as oportunidades durante a sua fala. Se tiver um slogan de impacto, lembre-se de mencioná-lo também.

2. Identifique a oportunidade encontrada e a solução prometida

Ao começar a falar da sua marca, mostre claramente qual foi a oportunidade identificada ao começar esse projeto. Fale de forma bem direta sobre a necessidade enxergada e, consequentemente, do que você vê como a solução para o problema inicial.

Talvez você ainda não tenha um protótipo da sua ideia, mas o importante mesmo é conseguir explicar essa relação entre a oportunidade e a solução. Já nesse momento os potenciais aceleradores podem visualizar como eles podem colaborar.

3. Mostre que possui um diferencial perante os concorrentes

Além da sua proposta de solução, você precisa conseguir mostrar outros diferenciais. E, para isso, é preciso demonstrar que você está consciente de quem são e como fazem os seus concorrentes. Ah, e muito cuidado para não elencar como diferencial algo que seja apenas uma obrigação do seu serviço ou produto, ok?

Também é muito comum em negócios inovadores que os empreendedores não coloquem em seu radar os concorrentes indiretos. Sim, eles devem ser levados em conta!

construir um bom pitch

4. Apresente o mercado que pretende atuar e as alternativas de monetização

Mostre que entende o mercado em que está inserido, desde os possíveis concorrentes até o potencial financeiro de exploração. Leve alguns números básicos sobre o seu segmento e a região que seu negócio estará inserido. Dessa forma, você conseguirá dimensionar também as alternativas de monetização, que são de extremo interesse tanto para você como para o seu acelerador.

5. Saiba explicar por que você precisa de um investimento

Não romantize demais a sua ideia: é óbvio que você precisa acreditar com toda as forças no seu projeto, mas você tem que enxergar de forma clara quais são os reais potenciais dele. Assim, consequentemente, você terá argumentos convincentes do por que você precisa de um investimento. O seu futuro parceiro ou investidor-anjo precisa vislumbrar facilmente a possibilidade de algo escalável e rentável.

6. Encontre o seu jeito de fazer a explanação perfeita

Não existe um modelo perfeito de pitch. Isso porque cada apresentação terá um tempo específico e cada empreendedor saberá como usar melhor o seu momento. A explanação perfeita pra você será quando você encontrar a sua dinâmica ideal.

Seja linear, mantenha a ordem dos argumentos, e situe-se no melhor tom da sua fala, de forma que você consiga cativar, prender a atenção e se conectar com os seus ouvintes.

7. Treine seu discurso para amigos e familiares

Por último, depois de absorver tudo o que falamos aqui, treine a sua performance. Comece falando com o espelho mesmo, e quando estiver mais confiante, fale diante de uma plateia pessoal.

Ah, é bom lembrar que você deve montar diferentes estruturas de pitch, para os diferentes tempos propostos. As variáveis mais comuns são de 30 e 60 segundos, além das apresentações mais longas de 3 e 4 minutos.

E aí, você tem alguma dica para construir um bom pitch para dividir conosco e com nossos leitores? Se tiver, deixa nos comentários!

Publicado por: Coworking Brasil

3 thoughts on “7 dicas infalíveis para construir um bom pitch

  • Bom dia, muito bom artigo!

    No entanto, eu recomendaria uma dica essencial para qualquer pitch para investidores. Com a experiência que tive no Evento Ebulição, do Rafael Prado, onde protagonistas do Shark Tank avaliaram pitchs de 5 startups (incluindo a que eu participo), posso dizer que o mais importante para um pitch de investimento são números.

    Mostrar crescimento, mostrar para os investidores que você é capaz de dar retorno ao dinheiro deles. Esse é o ponto principal que o Christian Barbosa e Kevin Harrington apresentaram para o pitch da startup que participei.

    Revelar informações numéricas como “abri minha startup à 6 meses e já tenho 100 clientes, com faturamento mensal de R$10.000” são essenciais. O ponto focal de um pitch de investimento deve ser de números. Mostrar sua solução ou seu diferencial caracteriza um pitch de vendas, onde você está buscando por clientes, e não investidores.

    Espero que tenha ajudado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *